“A Vila”, nova comédia de Paulo Gustavo, estreia no Multishow

    0
    1889
    Juliana Coutinho/Multishow/Divulgação

    “A Vila”, novo programa de comédia protagonizado por Paulo Gustavo, estreia nesta segunda (7/8) no canal a cabo Multishow. O humorista interpreta o palhaço falido Rique, que se fixa em uma comunidade para se reerguer. Os cinco primeiros capítulos já podem ser vistos de graça no Multishow Play.

    Astro da franquia “Minha Mãe É uma Peça” nos cinemas e dos programas de humor “220 Volts” e “Vai que Cola”, Gustavo divide a trama com elenco numeroso. Katiuscia Canoro vive Violeta, melhor amiga e parceira circense que também decide mudar para a vila.

    Monique Alfradique, Zezeh Barbosa, Aldo Perrota, Alex Pinheiro, Gil Coelho, Lucas Salles, Teuda Bara, Ataíde Arcoverde completam a escalação. Veja detalhes sobre cada personagem de “A Vila”:

    googletag.cmd.push(function() {
    googletag.defineSlot(‘/123935210/PUB_CAT_PAI-300×250-G-2’, [[300, 250] , [336 , 280]], ‘PUB_CAT_PAI-300×250-G-2’).addService(googletag.pubads());
    googletag.pubads().enableSingleRequest();
    googletag.enableServices();
    });

     

    Realizada pela produtora A Fábrica, “A Vila” foi filmada em um estúdio de mais de 1 mil metros. O tamanho do espaço possibilitou explorar os ambientes externos da comunidade. A comédia será exibida de segunda a sexta, às 22h30.

    Andrea Batitucci, Leandro Muniz e Leandro Soares assinam os roteiros, enquanto João Fonseca e Pedro Antônio Paes dirigem os episódios.

    Pela primeira vez na pele de um palhaço, Gustavo aprendeu números de mágica para enriquecer a composição do personagem. Truques como sumir de cena e engolir bolas de pingue-pongue poderão ser vistos em “A Vila”.

    Para compor Rique, o humorista buscou inspiração em atores clássicos como Buster Keaton, Charlie Chaplin e Roberto Bolaños (Chaves).

    “A Vila”
    Segunda (7/8), às 22h30, no canal Multishow. Exibição de segunda a sexta, às 22h30.

    Artigo anteriorCrítica: “O Mínimo Para Viver” faz duro retrato sobre anorexia juvenil
    Próximo artigoCinco razões que explicam o sucesso de “A Força do Querer”