#TBT: Baltazar Fernandes e o surgimento de Sorocaba

0
96
Vista aérea do Mosteiro em 1988. Crédito da foto: Projeto Memória / Jornal Cruzeiro do Sul

Baltazar Fernandes, bandeirante natural de São Paulo, cansado das andanças pelos sertões, resolve assentar com toda a sua família, a vida na vila por ele fundada, que viria a chamar-se Sorocaba. Seus escravos construíram a casa de residência e a Capela de Nossa Senhora da Ponte, colocando nela a imagem que trouxe consigo. Querendo um progresso rápido para a nascente vila, segue o exemplo do seu irmão em Parnaíba, trazendo os monges beneditinos.

Os monges seriam os professores de seus filhos, ensinando-lhes canto e latim, formando-os “homens bons”, como eram os que não exerciam profissões manuais, com exceção apenas da lavoura. Os monges beneditinos dariam à população assistência religiosa, realizando batizados, casamentos e assistindo aos moribundos.

Dariam aos falecidos sufrágio por suas almas, para que pudessem gozar de um descanso eterno, sem serem esquecidos pelas orações dos vivos. Interessante notar que a cidade de Sorocaba é a única das Américas a ser fundada a partir de um mosteiro, o que na Europa não é exceção.

A igreja de Sant’Ana do Mosteiro de São Bento foi a primeira de Sorocaba, em torno da qual nasceu a bela cidade de hoje. O conjunto arquitetônico atual é composto pela igreja de Sant’Ana, capela de São Judas Tadeu, mosteiro de São Bento e a gruta de Nossa Senhora de Lourdes. O Mosteiro passou por numerosas reformas, que na opinião de importantes historiadores não desfiguraram o arcabouço colonial.

Atualmente, os monges estão empenhados em um projeto de restauro, envolvendo a sociedade de Sorocaba. O mosteiro abriga um centro social que atente numerosas famílias. A atual igreja foi construída em 1660, quando também teria sido erigido o mosteiro. Nela encontram-se os restos mortais de Baltazar Fernandes e de personagens importantes da antiga cidade.

O belo altar-mor esculpido em madeira, com lâminas de ouro aplicadas, trazido de Portugal no século XVIII — foto de 1981. Crédito da foto: Projeto Memória / Jornal Cruzeiro do Sul

 

 

O sinos da Igreja Sant’Ana em 1987. Crédito da foto: Projeto Memória / Jornal Cruzeiro do Sul

 

Imagem do Mosteiro de São Bento em um postal de 1974. Crédito da foto: Projeto Memória / Jornal Cruzeiro do Sul

 

O post #TBT: Baltazar Fernandes e o surgimento de Sorocaba apareceu primeiro em Jornal Cruzeiro do Sul.