Dengue é tema de seminário para a Região Metropolitana de Sorocaba

0
11
Dengue é tema de seminário para a RMS
O evento foi no Paço e reuniu representantes de várias cidades. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (14/2/2020)

Sorocaba e mais seis cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) participaram na manhã desta sexta-feira (14) de um seminário para a troca de experiências no enfrentamento da dengue.

Sorocaba já confirmou 190 casos de dengue em 2020 e vive uma epidemia da doença. Em Iperó já foram confirmados só este ano 323 casos dengue, mas o município não considera epidemia porque os casos estão concentrados George Oetterer. A proximidade com Sorocaba preocupa a Secretaria da Saúde (SES).

O evento ocorreu no Salão de Vidro do Paço Municipal e reuniu representantes das cidades de Porto Feliz, Votorantim, Alumínio, Iperó e Itu, e contou com a participação também de representantes do Estado.

Leia mais  994 cidades brasileiras têm risco de surto de dengue

 

Durante a realização do seminário, a primeira palestra foi realizada pela representante do Grupo de Vigilância Epidemiológica, Rioko Alice Abe Hiromu, que apresentou a atualização do cenário epidemiológico de dengue no Estado e no Brasil.

Na sequência, a diretora da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) de Sorocaba, Sueli Yasumaro Diaz, falou sobre a gestão durante a epidemia da dengue, e elogiou o município. “A cidade de Sorocaba tem, praticamente, a mesma quantidade da população de Ribeirão Preto, mas registrou apenas 190 casos. Ribeirão chegou a registrar mais de 1,6 mil casos. Apesar de anunciar a epidemia, Sorocaba está controlando a situação”, destacou.

O secretário da Saúde de Sorocaba, Ademir Watanabe, mencionou a união das secretarias municipais na atual gestão para combater a dengue. “Realizamos o ‘Dia D’ de combate à dengue, no dia 8 de fevereiro, que mobilizou 300 servidores em 20 pontos da cidade. Nossas equipes da Zoonoses trabalham de segunda a sábado e contratamos mais um caminhão para ampliar o serviço de remoção de criadouros do mosquito. E agora, com o apoio de todos esses parceiros, conseguimos realizar este seminário”, destaca.

A prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, ressaltou a importância da realização deste evento para poder disseminar o assunto entre outras cidades. “Com esta interação, conseguimos agregar o que está sendo feito neste momento em nossa cidade. Sorocaba já previu a possível epidemia deste ano, se organizou e intensificou diversas ações para manter o controle da situação”, explicou.

Leia mais  Anvisa altera indicações para uso de vacina contra a dengue

 

Diretores dos hospitais de Sorocaba, membros das comissões de Controle de Infecção, assim como o Ministério Público, representado pela promotora Cristina Palma, e a Câmara Municipal, por meio do médico e vereador, Hélio Brasileiro, também compareceram ao evento. Além de representantes do Departamento Regional de Saúde (DRS 16). (Ana Cláudia Martins)

O post Dengue é tema de seminário para a Região Metropolitana de Sorocaba apareceu primeiro em Jornal Cruzeiro do Sul.