Polícia prende dois homens que vendiam câmeras furtadas do GDF

    0
    236

    A polícia prendeu em flagrante nesta terça-feira (12) dois homens  por receptação de câmeras furtadas do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). Segundo a polícia, no total 1.578 câmeras foram retiradas do depósito do DFTrans entre o final de março e o início de junho deste ano.

    Os presos vendiam as câmeras em bancas na Feira de Importados. Eles  estavam com 20 câmeras.

    O GDF pagou R$ 250  por cada equipamento. As câmeras seriam instaladas nos ônibus do Distrito Federal. Na feira, elas estavam sendo vendidas por R$ 40.

    De acordo com o delegado Ecimar Loli, todos os funcionários que trabalham no depósito do órgão serão ouvidos. O DFTrans vai abrir uma sindicância interna para apurar o caso.

    Os dois suspeitos vão responder pelo crime de receptação e podem pegar de um a quatro anos de prisão. Um deles tinha passagem pela polícia e o outro pagou a fiança de R$ 18 mil e vai responder o processo em liberdade.

    A polícia já identificou uma terceira pessoa que teria repassado as câmeras para os feirantes.

    Artigo anteriorPrefeito é condenado, 13 anos depois, por usar verba com show erótico
    Próximo artigoObrigado a todos que curtiram nossa pagina do jornal infocruzeiro