Investigação sobre obra aumenta pressão por solução para prejuízo no Mané

    0
    237
     A apreensão de documentos relacionados à obra do Estádio Nacional Mané Garrincha, realizada pela Polícia Federal, aumenta a pressão sobre o governo por uma solução para o elefante branco. Os agentes federais retiraram a papelada relativa à arena da Agência de Desenvolvimento de Brasília (Terracap) na última quarta-feira. O caso foi revelado com exclusividade pelo Correio, na edição de domingo. A construção do estádio foi custeada com recursos da Terracap, e a União é acionista da empresa, com 49% das ações da companhia.
    Artigo anteriorAmigos e parentes celebram missa de 7º dia de Lúcia Flecha de Lima
    Próximo artigoDeficit de servidores na Saúde chega a 15 mil, diz conselho da área