Aumenta pressão a favor da lei anti-homofobia anulada na Câmara Legislativa

    0
    183
    A anulação da lei anti-homofobia, que estabelecia punições em caso de discriminação por orientação sexual, provocou a reação de parlamentares progressistas e de grupos LGBTs — lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais. Dezenas de manifestantes compareceram ontem à galeria da Câmara Legislativa para criticar a votação, articulada pela bancada evangélica na última segunda-feira. Em resposta, os distritais Ricardo Vale (PT) e Liliane Roriz (PTB), que não compareceu à votação no início da semana, garantiram a apresentação de projeto de decreto legislativo para revogar o pleito. Leia mais notícias de Cidades  A movimentação de ativistas começou antes da sessão de terça-feira, em frente à sede do Legislativo local.
    Artigo anteriorBrasília é celeiro de talentos do hip-hop, rap e black music
    Próximo artigoIncêndio atinge e destrói barraco de madeira no Distrito Federal