Mostra no CCBB traz fotos feitas por alemã no Brasil entre 1960 e 1980

    0
    276
    Leonore Mau/Divulgação

    Nostalgia é a palavra-chave da exposição “A Casa de Leonore Mau”. São cerca de 140 registros do Brasil feitos entre 1960 e 1980 pela fotógrafa alemã. A mostra abre as portas nesta terça-feira (4/7) e permanece em cartaz até 20 de agosto.

    A exposição traz o olhar pessoal de Leonore Mau (1916-2013) sobre diversas cidades brasileiras – entre elas, Brasília – durante a ditadura militar. A curadoria é realizada por Alexandre Santos, professor de história da arte na Universidade Federal do Rio Grande Sul (UFRGS).

    As imagens registram trabalho infantil, desigualdade social, arquitetura, carnaval, praias e cerimônias religiosas afro-brasileiras. Todo esse trabalho foi realizado durante viagens por cidades como Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, São Luís, Aracaju e Porto Alegre.

    As fotografias ocorreram por conta de uma colaboração entre a artista alemã e o escritor Hubert Fichte (1935-1986). Juntos, eles tiveram uma parceria de vida — amorosa e criativa − fora dos padrões e baseada em afinidades, como o fascínio pelas culturas de matriz africana.

    Segundo o curador, a noção de etnopoesia está incorporada à poética das fotos, pois propõem um distanciamento da presunção intelectual europeia. “A fotografia de Leonore Mau produz um olhar sensível e interessado na sobreposição de camadas entre o exótico e o familiar, a casa e o desterro, os ajustados e os desajustados sociais”, explica.

    “A Casa de Leonore Mau”
    De terça (4/7) a 20 de agosto, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Esportivos Sul, trecho 2). Visitação de terça a domingo, das 9h às 21h. Entrada franca

    Artigo anteriorAdolescente é apreendido com cocaína, crack e roupinol em Taguatinga
    Próximo artigoSeis discos de novelas dos anos 1980 que mais pareciam um filme pornô