“A Força do Querer”: Bibi será forçada a cometer assassinato

    0
    215
    Globo/Raquel Cunha

    Bibi (Juliana Paes) será coagida a cometer um assassinato nos próximos capítulos de “A Força do Querer”. Isso porque Rubinho (Emílio Dantas) quer entregar fuzis para os traficantes da favela a fim de se defenderem de Caio (Rodrigo Lombardi).

    Bibi é encarregada de mediar a negociação após Sabiá deixá-la com o dinheiro para a compra das armas. Mas os donos dos fuzis se recusam a encontrá-los em cima do morro, sugerindo, então, que Bibi e os parceiros desçam até eles. Bibi, que é esperta, pede que um dos homens do lado oposto ao dela fique como garantia de que a negociação será bem-sucedida.

    googletag.cmd.push(function() {
    googletag.defineSlot(‘/123935210/PUB_CAT_PAI-300×250-G-1’, [[300, 250] , [336 , 280]], ‘PUB_CAT_PAI-300×250-G-1’).addService(googletag.pubads());
    googletag.pubads().enableSingleRequest();
    googletag.enableServices();
    });

    Entretanto, os homens fogem com o dinheiro sem lhes entregarem as armas. Bibi, então, se vê desesperada e manda o homem que ficou como garantia de ligar para seus comparsas e exigir o dinheiro de volta. Sabiá a ameaça depois de pedir a Batoré (Daniel Zettel) para entregar uma arma à Perigosa. “Não foi tu que fez o negócio? Vai ter de terminar! Tá pensando que é só baile? Quem tá nessa vida tem de passar por isso… Dá pra ficar: ah, não quero, não posso… Pode!”, diz.

    Bibi se recusa, mas Sabiá insiste: “Faz! Bota no teu carma que o meu já tá lotado!”, o que deixa Bibi nervosa, os olhos marejados com a tensão. A cena é baseada em fatos reais e ilustrada pela escritora Fabiana Escobar no livro “Perigosas”. Segundo a autora, esse é um momento decisivo na vida de Bibi, porque ela está prestes a cometer um assassinato.

    Artigo anteriorPolícia Civil prende os dois suspeitos de matar servidora na Asa Norte
    Próximo artigoDelegado e chefe de gabinete da Secretaria de Justiça do DF agride idoso