Ação popular denuncia clube por área ocupada no Lago Paranoá

    0
    189
    Uma ação popular, ajuizada na Vara de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do DF na última terça-feira (8/8), questiona a área ocupada pela Associação dos Servidores do Banco Central (Asbac). Segundo o documento, o clube estaria localizado em uma Área de Preservação Permanente (APP) do Lago Paranoá, o que poderia trazer danos ao meio ambiente. Governo afirma que acordo com o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) abrange apenas áreas residenciais e que, por isso, os clubes não são afetados. Leia mais notícias em Cidades Um dos questionamentos acerca do local é que a Asbac ergueu edificações que avançaram sobre o espelho d’água: um salão de festas da própria agremiação e um restaurante.
    Artigo anteriorEm 24 horas, área destruída por incêndios equivale a 251 campos de futebol
    Próximo artigoEx-atriz revela que fez seis abortos e “macumba” para voltar à TV