Arniqueira e Areal caminham para se transformar em região administrativa

0
80

Outros 200 docentes que estão em atividades fora da sala de aula devem voltar a lecionar para reduzir déficit de profissionais

Mais de 200 moradores de Arniqueira e Areal se reuniram, na noite de segunda-feira (5), com representantes da Secretaria Executiva de Cidades (Secid), em uma audiência pública para discutir propostas de formalizar a transformação do local em Região Administrativa (RA). O encontro foi realizado nos moldes da Lei nº 5.081/13, que dispõe sobre esse tipo de consulta.

“Vocês aprovam ou não a criação da Região Administrativa de Arniqueira e Areal?”, perguntou o secretário de Cidades, Gustavo Aires, ao fim da reunião. Em resposta, recebeu um sonoro e unânime “sim”, e seguido de aplausos. Após a aceitação da comunidade, o projeto de lei será elaborado e encaminhado à Câmara Legislativa, onde aguardará a aprovação dos deputados.

População aprova

“Esta é uma prova de que, realmente, o governador veio para fazer aquilo que a comunidade tem pedido, não só aqui, mas em todo o Distrito Federal”, comemorou Agnaldo Alves, morador de Arniqueira. Assim como ele, lideranças e demais representantes da comunidade local manifestaram aprovação à iniciativa do GDF.

“Alguns locais só tiveram posto e escola após se tornarem uma Região Administrativa”, lembrou a deputada federal Celina Leão, uma das autoridades a compor a mesa do encontro. “Pretendemos colocar um posto de saúde na futura RA, mas isso só vai acontecer com o projeto pronto”.

Além do secretário de Cidades e da deputada Celina Leão, participaram da audiência o secretário de Desenvolvimento e Habitação, Mateus de Oliveira; o presidente da Companhia de Desenvolvimento do Distrito Federal (Codeplan), Jean Lima; o diretor de Regularização de Interesse Social da Companhia Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), Leonardo Firme; o diretor técnico da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), Carlos Leal; o presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente; a deputada federal Flávia Arruda e a deputada distrital Telma Rufino.

texto: agência Brasília

* Com informações da Secid

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui