Amor de filha

0
31
Amor de filha
Crédito da foto: Victor Pollak / Tv Globo

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

Zezita Matos, atriz paraibana, fará participação em “Amor de mãe”, na Globo.

Na trama, Lurdes (Regina Casé) viaja para Malaquitas para rever sua mãe, Dona Maria, que está muito doente. Desde que saiu praticamente fugida de sua cidade natal, Lurdes nunca mais deu notícias para sua mãe. Quem vai interpretar Maria é Zezita, que trabalhou com o diretor José Luiz Villamarim em “Onde nascem os fortes”. Ela também fez parte do elenco de “Velho Chico”.

‘Gênesis’ vem com uma proposta de novela bem diferente

“Gênesis”, próxima bíblica da Record, será apresentada em sete fases, com durações e, muitas vezes, elencos também diferentes. São elas: “Adão e Eva”, “Torre de babel”, “Noé e o dilúvio”, “Abraão”, “Isaque e Rebeca”, “Jacó” e terminará com “José do Egito”.

Haverá, evidentemente, um ponto de amarração entre elas, mas com uma renovação de personagens que será sempre frequente e de acordo com as etapas estabelecidas.

“Adão e Eva”, por exemplo, que teve suas cenas gravadas em outubro, não deverá passar de uma semana no ar, ao contrário de outras com maior duração.

A exibição de “Gênesis” se dará em 150 capítulos e está com as suas gravações ainda no começo, mas já exigindo um trabalho de pós-produção dos mais cuidadosos.

Superados alguns problemas, inclusive trocas de autores, casos de Gustavo Reiz e Emílio Boechat, a sua estreia agora já é anunciada para abril.

Produção complicada – Ainda com relação a “Gênesis” e as trocas de autores que acabaram existindo, há um atraso bem preocupante no número de capítulos até agora disponibilizados para a produção. O que se informa é que o planejamento da viagem ao Marrocos, pelas mesmas razões, também será forçosamente alterado.

Na espera – O time do “Fofocalizando”, se depender da direção do SBT, deverá ganhar um reforço muito em breve. Já existe um nome cogitado. No sofá do programa há um lugar vazio desde a saída do Leo Dias. Porém, ainda depende de Silvio Santos autorizar.

Não terá – O desfile das campeãs do Carnaval de São Paulo, na próxima sexta-feira, corre o risco de não ter televisão. A Globo, dona dos direitos, há alguns anos desistiu de transmitir. E a TV Cultura, que seria uma possibilidade, decidiu não fazer.

Jornalismo – A cobertura de Carnaval da TV Cultura ficará restrita ao trabalho do departamento de jornalismo. Atenção maior aos blocos e exibição em seus diversos telejornais.

Segue normal – A programação do SBT, faixas da manhã e tarde, vai continuar sendo a mesma. A informação é que não existe nenhuma possibilidade de mudança, nem mesmo com o “Bom dia & cia”, que continuará com as suas 4h30 de duração.

Pilotando – O “Jornal da CNN”, na CNN Brasil, na forma e conteúdo terá semelhanças importantes com o “Jornal da Globo”, que já teve apresentação de William Waack. Além do noticiário, ele irá interagir quase o tempo todo com os comentaristas das mais diferentes áreas. A maioria deles no estúdio.

Sem folga – Todos os funcionários da CNN Brasil, incluindo o seu elenco, estão trabalhando normalmente nesses dias de Carnaval. E trabalhando como se já estivesse no ar. São os preparativos finais.

O post Amor de filha apareceu primeiro em Jornal Cruzeiro do Sul.