Vacina contra gripe: crianças e gestantes começam a ser imunizadas no DF

0
365

Mulheres que tiveram filhos recentemente também são público-alvo dessa etapa. Prazo vai até o dia 5 de junho; veja endereços de postos.

A vacinação contra a gripe no Distrito Federal inicia uma nova etapa de imunização nesta terça-feira (5). Essa fase é voltada para crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes e puérperas – mães de recém-nascidos – por serem mais vulneráveis, segundo a Secretaria de Saúde.

As doses são gratuitas, e a aplicação nas unidades básicas de saúde (UBS) vai até o dia 5 de junho (veja endereços abaixo). Idosos, pessoas com doenças crônicas, motoristas de caminhão e profissionais da segurança que ainda não se imunizaram também serão atendidos.

De acordo com a secretaria, 52 mil doses foram disponibilizadas para a primeira fase da campanha. A vacina não protege contra a Covid-19, mas facilita o diagnóstico do vírus, já que elimina a possibilidade de contágio por outros tipos de gripe.

Frasco da vacina contra Influenza  — Foto: saASASFrasco da vacina contra Influenza  — Foto: saASAS

Frasco da vacina contra Influenza — Foto: saASAS

Prazo estendido

O período de vacinação, inicialmente até 22 de maio, foi estendido pelo Ministério da Saúde até 5 de junho por conta da pandemia do novo coranvírus. Além disso, o governo também optou pelo cancelamento do Dia D, que aconteceria em todo o país, para evitar aglomerações nas salas de vacinas.

Calendário de vacinação

Após a ampliação do prazo da campanha, a programação foi reorganizada e agora segue novo calendário de vacinas. Todos os grupos terão até junho para receber as doses, apesar da aplicação começar em datas diferentes.

  • 1ª fase
    Prazo: 23 de março a 5 de junho: idosos (60 anos e mais) e trabalhadores da saúde
  • 2ª fase
    Prazo: 16 de maio a 5 de junho: profissionais das forças de segurança e salvamento; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; povos indígenas; caminhoneiros, portuários e trabalhadores do transporte coletivo (motoristas e cobradores)
  • 3ª fase
    Prazo4 de maio a 5 de junho: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto)
    11 de maio a 5 junho: pessoas com deficiência;
    15 de maio a 5 de junho: adultos de 55 a 59 anos e professores de escolas públicas e privadas.

 

 

Deixe uma resposta