Itália proíbe viagens de Natal e réveillon por conta da pandemia

0
115

No dia em que o mundo ultrapassou a marca de 1,5 milhão de mortes por Covid, o governo italiano proibiu viagens no Natal e no réveillon para conter uma nova onda de contágio.

A restrição passa a valer em todo o país entre os dias 21 de dezembro e 6 de janeiro. Com isso, a Itália se torna o primeiro país da Europa a anunciar uma proibição de deslocamento durante as festas de fim de ano.

Segundo o decreto, os moradores de outros Estados poderão retornar para suas residências fixas, mas as visitas entre regiões não será permitida.

As restrições não valem para deslocamentos de profissionais essenciais, tratamento de doenças e viagens a trabalho. Primeiro país afetado pelo coronavírus na Europa — ainda entre março e abril –, a Itália registrou mais de 57 mil mortes e 761 mil infecções.