Inteligência artificial cria “nova musica” do Nirvana; ouça “Drowned in the Sun”

0
243
Inteligência artificial cria “nova musica” do Nirvana; ouça “Drowned in the Sun”

Esta segunda-feira, dia 5 de abril, marcará os 27 anos que Kurt Cobain, vocalista do Nirvana, cometeu suicídio. Ele tinha 27 anos e entrou para o chamado “Clube dos 27”, uma lista de músicos talentosos que nos deixaram com essa mesma idade. Por conta disso, os fãs se perguntam: que músicas ele escreveria se não tivesse morrido há quase três décadas?

Quem responde esse questionamento é o projeto Lost Tapes of the 27 Club, que utiliza um sistema de inteligência artificial, baseado no Magenta AI do Google, para escrever canções nos estilos de músicos que morreram aos 27 anos, como Jimi Hendrix, Jim Morrison e Amy Winehouse.

No caso de Kurt Cobain, para se chegar ao que seria uma nova composição dele, o sistema analisou 30 músicas do Nirvana e estudou minuciosamente as mudanças de acordes, harmonias, riffs de guitarra, solos, padrões de bateria, letras e vocais.

Com essas informações, a máquina criou uma canção intitulada “Drowned in the Sun”. Tudo que você ouvirá nela é criação da inteligência artificial. Apenas os vocais são humanos, foram gravados por Eric Hogan, que faz parte de uma banda tributo ao Nirvana, segundo reportou a Rolling Stone.

“Para mostrar ao mundo o que foi perdido para esta crise de saúde mental, usamos a inteligência artificial para criar o álbum que o clube dos 27 nunca teve a chance de gravar. Através deste disco, estamos encorajando mais músicos a obter o apoio à saúde mental que eles precisam, para que possam continuar fazendo a música que todos amamos. Porque nem a inteligência artificial conseguirá substituir o que é real”, diz a página do projeto, que é uma iniciativa comandada pela organização de saúde mental Over the Bridge.

No player abaixo você confere a “nova música” do Nirvana. O projeto na íntegra pode ser apreciado em https://losttapesofthe27club.com/.

Deixe uma resposta