UFC: rumo ao cinturão, Vicente Luque faz a luta principal deste sábado

0
148

Sem saber o que é uma derrota desde 2019 e invicto há quatro lutas, Vicente Luque chega mais do que confiante para a revanche contra o americano Belal Muhammad, luta principal do UFC Fight Night deste sábado (16/4), que acontece em Las Vegas, nos EUA.

Destaque na categoria dos pesos meio-médios por conta do seu poder de nocaute, o candango de 30 anos vive o auge da forma física e técnica. Apesar de focado em vencer outra vez o oponente deste sábado, uma vitória deixará o lutador brasileiro muito perto de uma disputa pelo cinturão da divisão de até 77 kg, que hoje pertence a Kamaru Usman.

Em meio à preparação para o desafio que pode ser um divisor de águas no que diz respeito a pretensões de título, Vicente Luque conversou com o Metrópoles sobre as expectativas para a luta e o futuro na organização.

Nascido em Nova Jersey (EUA), o lutador filho de mãe brasileira e pai chileno veio para Brasília aos 7 anos de idade. Além de se considerar candango, ele vive na capital federal, onde tem treinado desde o começo do ano, quando foi marcado combate contra Belal Muhammad Mohammed.

“Eu sempre estou treinando. Me mantenho o ano inteiro em um bom nível de treinamento. Mas para essa luta, que foi marcada no início do ano, a preparação começou em fevereiro, toda ela em Brasília, na Cerrado MMA”, revelou, afirmando que na cidade é possível fazer um bom camp, sem necessidade de ir para os Estados Unidos.

Sobre o processo de perda de quilos, Luque falou que se prepara para emagrecer semanas antes da luta, além de de ter acompanhamento de nutricionista. “Minha dieta começa junto com o treinamento, deixando um pouco para tirar agora (semana da luta) Eu corto bastante peso, mas não é algo que me faça sofrer, e eu consigo chegar com bastante energia na luta”.


0

Adversário

Muhammad, de 33 anos, é um lutador versátil. Embora tenha começado a carreira como um striker, que buscava o nocaute, hoje ele tem buscado uma luta mais agarrada, levando para o chão. Ciente disso, Luque acredita que seu oponente evitará trocar golpes, optando por uma luta mais cadenciada. “Eu imagino que ele vá tentar me amarrar, me colocar para baixo”.

Apesar da possível estratégia a ser adotada pelo adversário americano, o brasileiro não descarta que o rival tente surpreender e busque a trocação, o que não será um problema, garante.

“Eu sempre vou buscar a luta em pé. É o meu ponto forte, onde eu sinto que tenho mais chances de vencer o combate. Mas a luta de chão é algo que treino há muitos anos, então me sinto preparado se ele me derrubar. É uma luta de MMA e eu vou estar completo e pronto para fazer tudo”.

Apesar de confiante em uma finalização ou nocaute, o brasiliense acredita que não será nos primeiros rounds, já que o oponente é um atleta tarimbado.

“Não acho que (a vitória) vai ser nos primeiros rounds, até porque o adversário é um cara experiente, que já tem a malandragem da luta e saberá evitar os golpes perigosos. Mas acho que no terceiro ou quarto round, talvez eu consiga apertar o ritmo e terminar com a luta. Eu acredito nisso, mas venho preparado para lutar os cinco. Se der, eu acabo antes. Se não, eu vou estar preparado para os cinco rounds com certeza”.

Sobre a possibilidade de disputar o cinturão, já que vem numa boa sequência de vitórias, Vicente Luque disse que apenas depois do combate será possível traçar o futuro, já que outros atletas também estão na fila para desfiar Kamaru Usman, campeão da categoria até 77 kg.

“Ainda é cedo pra falar o que vai acontecer depois (de uma eventual vitória). O importante é conquistar uma vitória, e uma grande vitória, não pode ser “apenas” uma vitória. Tem que ser de uma forma impressionante para continuar nessa subida que eu venho fazendo ultimamente”.

UFC Luque x Muhammad
Card principal a partir das 21h33

Vicente Luque x Belal Muhammad (peso-meio-médio)
Caio Borralho x Gadzhi Omargadzhiev (peso-médio)
Miguel Baeza x André Fialho (peso-meio-médio)
Mayra Sheetara x Wu Yanan (peso-galo)
Pat Sabatini x TJ Laramie (peso-pena)
Mounir Lazzez x Ange Loosa (peso-meio-médio)

Transmissão: Canal Combate
Local: UFC Apex, arena da organização em Las Vegas, Nevada (USA)

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

O post UFC: rumo ao cinturão, Vicente Luque faz a luta principal deste sábado apareceu primeiro em Metrópoles.

Artigo anteriorCinco novos e ótimos filmes e séries para assistir na Netflix
Próximo artigoLa Niña: fenômeno climático explica temporais com tragédias no Rio