Medalha Tiradentes

    0
    1229

    O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o vice-governador, Tadeu Filippelli, receberam na manhã desta quinta-feira a medalha Tiradentes, a maior comenda da Polícia Militar do Distrito Federal. A cerimônia, realizada no Clube do Exército, homenageou 678 pessoas, entre militares e civis que contribuíram de forma relevante para o desenvolvimento da corporação. Dos agraciados, 133 são autoridades civis. Há também militares das Forças Armadas, Corpo de Bombeiros Militar do DF e Polícia Militar de outras unidades da Federação.

    “O culto às tradições e aos valores éticos são a eterna busca dos policiais militares que perpetuam o nome da PMDF na história. A comenda fortalece a autoestima e incentiva o trabalho correto. Todos os que aqui estão se destacam pelo grau de profissionalismo e pela dedicação ao serviço”, elogiou o governador Agnelo Queiroz.

    Originariamente cunhada em ouro, de forma circular e com efígie do patrono das Polícias Militares, o herói inconfidente Joaquim José da Silva Xavier (Tiradentes), a medalha foi criada em junho de 1980.

    Também foram homenageados o secretário de Segurança Pública, Sandro Torres Avelar; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Paulo Roberto Rosback, e o chefe da Casa Militar do Distrito Federal, tenente-coronel Rogério da Silva Leão, entre outras autoridades.

    Artigo anteriorQuadrilha especializada em furto de apartamentos atacam na Vicente Pires veja o Video
    Próximo artigoO Administrador Regional do Cruzeiro Salin Siddartha recebeu a Medalha Tiradentes