Bandido que roubou vibrador de ouro deixou carregador para trás

    0
    282

    A Polícia Civil ainda investiga o caso do massageador íntimo, banhado a ouro 18 quilates — no valor de R$ 8 mil —, roubado na última quarta-feira de uma loja de artigos eróticos de luxo, na Quadra 303 da Asa Sul. A vendedora abordada pelo criminoso prestou depoimento ontem e o local já passou por perícia. “O assaltante usou uma fita-crepe para prendê-la no banheiro, mas a esqueceu aqui. Os policiais levaram para tirar as impressões digitais”, relatou uma das proprietárias do estabelecimento, Renata Luna, 33 anos. O homem não levou o manual nem o carregador do aparelho, o que dificultará a venda. Além disso, o consolo é feito de aço inox, o que impossibilita que ele o derreta.

    A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) não quis comentar o caso para não atrapalhar as investigações. O assalto ocorreu por volta das 18h. Um homem bem-vestido e educado entrou na loja, mostrou uma arma de fogo à vendedora e anunciou o assalto. “Ele pediu o dinheiro do caixa, mas falei que não tinha. Então, perguntou se o massageador era de ouro e respondi que sim”, narrou a funcionária, que preferiu o anonimato. “Em seguida, pediu que eu abrisse a vitrine, onde o objeto ficava. Fiquei nervosa e, por um momento, esqueci que a chave estava no meu bolso. Quando achei, ele levou. Perguntou, ainda, se tínhamos outros de ouro.”

    Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2012/06/01/interna_cidadesdf,305226/bandido-que-roubou-vibrador-de-ouro-deixou-carregador-para-tras.shtml

    Artigo anteriorHospital Público para Animais
    Próximo artigoTentativa de assalto contra PM termina em tiroteio no Guará