GDF pagará licenças de professores, mas não concederá reajuste

    0
    292
     A reunião entre o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e representantes dos professores da rede pública de ensino acabou sem apresentação de propostas, mas o GDF se comprometeu a estudar as reivindicações para voltar a se reunir com o Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) na segunda-feira (3/4).  “Nossa expectativa é que haja a apresentação de uma proposta na próxima reunião”, comentou a diretora do Simpro-DF Rosilene Corrêa. A próxima assembleia está marcada para terça, às 9h. Até lá, a greve, que começou em 15 de março, continua.
    Artigo anteriorBrasilienses são escolhidas para dançar em shows de Justin Bieber
    Próximo artigoDrogas apreendidas com universitário chegaram ao DF em voos comerciais