Polvos de crochê são usados em tratamento de bebês prematuros no DF

    0
    257
     Uma nova descoberta está sendo usada em tratamentos de bebês prematuros internados nas unidades de terapia intensivas (UTIs) neonatais de hospitais regionais do Distrito Federal. A iniciativa consiste no uso de polvos de crochê dentro das incubadoras das maternidades.  Leia mais notícias em Cidades A gerente de enfermagem do Hospital Regional de Santa Maria, Cíntia Pelegrini, explica que a proposta é que os bichinhos lembrem o útero materno. “Os tentáculos do polvo se assemelham ao cordão umbilical da mãe.
    Artigo anteriorEvento promove a integração de imigrantes que escolheram o Brasil como lar
    Próximo artigoParte goiana da construção de Corumbá segue embargada por investigação