Queda do dólar e liberação do FGTS impulsionarão vendas de ovos de Páscoa

    0
    225
     Para se desvincular do cenário crítico que o comércio enfrentou na Páscoa do ano passado, fabricantes pretendem apostar em diversas estratégias para aumentar as vendas. As lojas planejam aceitar cartão ou cheque para estimular o consumo. O Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal (Sindivarejista) estima que as vendas de ovos de Páscoa no Distrito Federal cresçam 4% este ano, contra 3% em 2016. Leia mais notícias em Cidades Segundo estimativa do sindicato, devem ser vendidos mais de 1,4 milhão de ovos de páscoa de diferentes tamanhos e preços, contra 1,3 milhão da Páscoa passada.
    Artigo anteriorCresce em Brasília o número de pessoas que se declaram sem religião
    Próximo artigoMochila suspeita de conter bomba é deixada dentro de banco na Asa Norte