Júnior faz pergunta inusitada sobre anticoncepcionais no “Altas Horas”

    0
    296
    Bruno Poletti/Folhapress

    Nesse sábado (22/4), Junior Lima apresentou seu projeto novo de música eletrônica “Manimal” no programa “Altas Horas”. No entanto, a conversa com a sexóloga Laura Müller chamou atenção. O cantor e instrumentista perguntou sobre métodos anticoncepcionais e provocou reações nas redes sociais.

    “Falando sobre métodos anticoncepcionais, sobre tomar a pílula. Hoje em dia existe uma discussão forte sobre machismo. Isso me gera uma pergunta. O anticoncepcional, o comprimido, é uma dose de hormônios que a mulher vai receber diariamente por anos na vida dela. Isso pode trazer consequências? Existe outro método que pode ser aliado à camisinha que pode ser uma alternativa à mulher? Por que cabe à mulher se encher de hormônios? Isso não é um pouco de machismo?”, perguntou o cantor a Laura Müller.

    Na resposta, Laura fez menção à ausência de anticoncepcional masculino. “Os métodos mais eficazes são os que utilizam os hormônios. As pílulas de hoje não são as mesmas dos anos 1960. Mas, infelizmente, não existe uma pílula masculina ainda. Fica aí na mão da mulher”, respondeu. Outra convidada do programa, Juliana Paes também opinou: “A mulher tá lascada mesmo”.

    Reprodução

    Então, Junior continuou: “Em relacionamentos mais estáveis, talvez seria interessante buscar outros métodos para aliviar a mulher disso. Eu vi (isso na) minha esposa. Quando ela parou de tomar anticoncepcional, a vida dela melhorou muito”. Júnior é casado com Mônica Benini e será pai de um menino. A sexóloga afirmou que em algumas mulheres os medicamentos não fazem mal. Segundo a especialista, o importante é fazer um acompanhamento com o ginecologista.

    Assista (a partir de 9:50):

    Artigo anteriorErin Moran, atriz da série “Happy Days”, falece as 56 anos
    Próximo artigoSenhor Barriga, personagem de “Chaves”, faz show em Águas Claras