Série mostra perseguição do governo chileno ao poeta Pablo Neruda

    0
    290
    Divulgação

    Pablo Neruda, poeta chileno que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, será tema de nova série do canal Fox, prevista para estrear em 12 de maio, às 22h. “Neruda” contará como foi a perseguição política que o escritor sofreu por parte do governo chileno entre os anos 1940 e 1950.

    A minissérie terá quatro episódios e tem como objetivo complementar a história do filme homônimo, feito em 2016 pelo diretor Pablo Larraín – o mesmo do projeto televisivo. “É impossível colocá-lo em uma só categoria, fazer um só longa que pretenda estabelecer ou definir sua personalidade, seu trabalho”, avaliou o cineasta.

    Ambientada em 1948 no Chile, durante a Guerra Fria, a produção se passa após a acusação de o governo trair o Partido Comunista. O senador Pablo Neruda (Gnecco) rompe com o presidente González Videla (Alfredo Castro) e passa a ser perseguido pelo prefeito da Polícia de Investigações, Óscar Peluchonneau (García Bernal).

    Neruda tenta fugir do país com sua esposa, a pintora Delia del Carril (Morán), mas são forçados a seguir pelo lado clandestino. Inspirado nos eventos dramáticos de sua nova vida como fugitivo, Neruda escreve seu épico “Canto General”. Enquanto isso, na Europa, a lenda do poeta perseguido pela polícia cresce e os artistas, liderados por Pablo Picasso (Emilio Gutiérrez Cava), clamam por sua liberdade.

     

    Artigo anteriorGregório Duvivier comentará as notícias da semana em “Greg News”
    Próximo artigo“Guardiões da Galáxia 2” peca em detalhes, diz crítica internacional