600 homens da Força Nacional fazem segurança na Esplanada dos Ministérios

    0
    155
     Palco de confronto entre manifestantes e polícia militar e destruição de prédios públicos na última grande manifestação contra o governo de Michel Temer, no mês passado, a Esplanada dos Ministérios conta com um grande esquema de segurança nesta sexta-feira (30/6), dia de greve geral convocada por centrais sindicais em oposição ao presidente e às reformas da Previdência e trabalhista. Leia mais notícias em Cidades  Um efetivo de 600 agentes da Força Nacional de Segurança faz a guarda dos prédios na avenida, e o acesso ao local para carros está totalmente proibido. A opção para os motoristas que costumam acessar a Esplanada são as vias N2 e S2, anexas aos ministérios. Mesmo ciclistas que tentaram acessar a pista de manhã, quando ainda não havia nenhuma manifestação ocorrendo, foram parados e revistados em um cordão de policiais militares do DF logo após a Rodoviária do Plano Piloto, que, por sinal, está completamente deserta.
    Artigo anteriorEm pronunciamento, Rollemberg promete reforma de piscina do Centro Especial
    Próximo artigoPreso homem suspeito de cometer estupros em paradas de ônibus no Lago Norte