GDF cria comissão para avaliar nulidade no contrato com o Centrad

    0
    204
    O Governo do Distrito Federal anunciou a criação de uma comissão administrativa que vai avaliar a possibilidade de declarar nulo o contrato para a criação do Centro Administrativo do DF. Assinado com a concessionária Centrad, formada pelas empreiteiras Odebrecht e Via Engenharia, ambas investigadas na Operação Lava-Jato por envolvimento com esquemas de corrupção, a obra foi entregue há dois anos, mas nunca foi utilizada.  Leia mais notícias em CidadesSe o grupo declarar a nulidade do contrato, será posto um ponto final na relação contratual existente entre a Centrad e o Governo do Distrito Federal. A partir disso inicia-se uma nova fase de apuração parar decidir o que pode ser feito com as edificações construídas sobre o terreno de 182 mil metros quadrados do GDF, localizado em Taguatinga.
    Artigo anteriorPerlla deixa carreira gospel e volta para o funk
    Próximo artigoAcidente na Quadra 100 do Sudoeste deixa motociclista ferido