Júri de mãe acusada de matar o filho de fome é adiado

    0
    176
    O julgamento de Lucinete Sousa Machado, marcado para a manhã desta quarta-feira (2/8), foi adiado a pedido da defesa da ré, porque uma das testemunhas do caso havia faltado. A mulher é acusada pela morte do filho Bruno Gabriel Sousa Machado, de 6 meses. Ela vai responder por homicídio qualificado com emprego de meio cruel, pois, segundo a investigação, ele teria morrido por privação de comida. A nova sessão será na última segunda-feira do mês (28), às 9h, no Tribunal do Júri de Brasília.
    Artigo anteriorBriga por causa de celular acaba com adolescente esfaqueada no Gama
    Próximo artigoLady Gaga emociona com homenagem a LGBTs em abertura da Joanne Tour