Criança que engasgou em CEI de Sorocaba morre após 10 dias internada

0
13
O acidente ocorreu no Centro de Educação Infantil (CEI-98) Olinda Luz Marte. Crédito da Foto: Fábio Rogério/Arquivo JCS

 

A menina de um ano e cinco meses que estava internada em estado grave no Hospital do Câncer Infantil do Gpaci morreu na noite deste sábado (16), por volta da 20 horas, em Sorocaba.

Leia mais  Bombeiro salva criança engasgada com leite materno na zona norte de Sorocaba

 

No dia 6 de novembro, a criança engasgou com um caroço de jabuticaba durante uma atividade, no Centro de Educação Infantil (CEI-98) Olinda Luz Marte, no Jardim Tropical, que faz parte da rede municipal de ensino da Prefeitura de Sorocaba.

O velório da menina ocorre a partir das 21h deste domingo, na funerária Ofebas, no bairro Jardim Santa Rosália. E o enterro está marcado para as 10h desta segunda-feira (18), no cemitério da Consolação, em Sorocaba.

Desde o incidente na creche municipal, a menina estava internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do hospital do Gpaci.

Por intermédio de uma postagem em uma rede social, a família da criança informou não querer falar sobre o assunto com a imprensa.

Já a Prefeitura de Sorocaba, em nota enviada ao Cruzeiro do Sul, afirma que “a Secretaria da Educação (Sedu) lamenta e se solidariza com a família da criança, informando que tem dado todo o apoio necessário mediante a situação”.

O acidente

De acordo com a Sedu, o fato ocorreu na tarde do último dia 6, durante uma atividade pedagógica sobre o tema “Consciência Negra”, quando a turma do Berçário B teve contato com jabuticabas, visando experenciar a textura e o sabor da fruta, que aparece na história apresentada aos estudantes no projeto citado.

“Durante a atividade, a menina, ao experimentar a jabuticaba, sofreu um engasgo com a fruta”, diz a pasta municipal.

Ainda segundo a Sedu, “imediatamente a unidade escolar acionou o Samu e a família da menina. Uma das profissionais que possui o curso técnico de enfermagem assumiu o controle da situação até a chegada do resgate, o que ocorreu cerca de 20 minutos após.

Assim que assumiu o atendimento da criança, o Samu a encaminhou até o hospital do GPACI, para internação na UTI, onde recebeu todo o entendimento necessário”, diz a nota.

A Sedu disse também que “no que tange à capacitação em noções básicas de primeiros socorros dos seus profissionais, a pasta reconhece a importância da Lei número 13.722, de 4 de outubro de 2018, e busca conceber um processo sólido para execução da mesma, tendo inclusive iniciado o processo para tal junto à Secretaria de Negócios Jurídicos, para ciência e garantia dos aspectos legais de tal implementação”.

Conforme a Sedu, esse trabalho teve início em agosto e aguarda os trâmites legais. “A rede municipal de ensino conta com aproximadamente 160 unidades escolares e 3 mil profissionais da Educação. Assim, a Sedu estuda a melhor maneira de cumprir o disposto legal”, diz a pasta municipal. (Ana Cláudia Martins)

O post Criança que engasgou em CEI de Sorocaba morre após 10 dias internada apareceu primeiro em Jornal Cruzeiro do Sul.