Motorista de aplicativo morreu sem ter Reagido por bandidos

0
129

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, no fim da tarde desta quarta-feira (2), um homem de 22 anos suspeito de envolvimento no assassinato do motorista de aplicativo Roosevelt Albuquerque da Silva, de 31 anos. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido por participação no crime.

O corpo da vítima foi encontrado nesta madrugada, próximo ao Polo de Cinema, em Sobradinho. Ele apresentava ferimentos causados por arma de fogo.

Segundo a Polícia Civil, os dois suspeitos foram detidos em Sobradinho II. Os investigadores afirmam que eles estavam com o carro, o celular e a carteira da vítima, além da arma usada no crime.

O delegado Hudson Maldonado, da 13ª Delegacia de Polícia, que investiga o caso, disse que Roosevelt desapareceu na segunda-feira (1º), após fazer uma corrida. De acordo com as investigações, os criminosos embarcaram na 404 Sul

“Eles foram responsáveis pela execução covarde do Roosevelt. Rastreamos o início da última corrida feita pela vítima e chegamos até a residência do autor maior de idade.”

O caso foi registrado como latrocínio – roubo seguido de morte. O homem também vai responder por corrupção de menores.

Deixe uma resposta