Hospital de Campanha do Gama começa a funcionar amanhã

0
115

Segundo a Secretaria de Saúde, a unidade não vai trabalhar em esquema de porta aberta. Os pacientes serão transferidos via Regulação

O Hospital de Campanha do Gama será o primeiro dos três novos hospitais temporários do Distrito Federal a ser inaugurado. O local, que vai tratar pacientes com Covid-19, começa a funcionar nesta sexta-feira (7/5).

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, “a unidade não vai trabalhar em esquema de porta aberta ou livre demanda”. “Os pacientes serão transferidos via Regulação”.

Questionada sobre as entregas dos outros dois hospitais, no Autódromo e em Ceilândia, a Secretaria de Saúde não informou data de inauguração. Disse que “trabalha para a entrega das outras duas unidades o mais breve possível”.

Gestão

Os leitos haviam sido prometidos pelo governo como de unidades de terapia intensiva (UTI), mas, no último dia 22, a Secretaria de Saúde do DF anunciou outra coisa: agora, serão unidades de cuidados intermediários (UCIs). Este último é um serviço hospitalar destinado a usuários em situação clínica de risco moderado e que conta com menor quantidade de profissionais na equipe.

O Hospital de Campanha do Gama terá 100 leitos de UCI. Quando os outros dois hospitais forem inaugurados, serão 300 leitos ao todo. De acordo com a direção da Mediall Brasil, empresa que vai gerir as unidades, o serviço contratado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) inclui a gestão e operação completa dos três hospitais.

Isso inclui fornecimento de insumos e demais despesas com gases medicinais (incluindo oxigênio), medicamentos, kit de intubação, fornecimento de alimentação enteral e parenteral aos pacientes, serviço de transporte por ambulância, suporte para diálise, entre outros. Além do fornecimento de equipamentos totais da unidade como ventiladores, camas, monitores, bombas de infusão e os serviços de limpeza e vigilância.

O contrato do GDF com a empresa terá duração de 180 dias.

Deixe uma resposta