Acusado de matar ex-mulher a facadas é condenado a 38 anos de prisão

0
43

O Tribunal do Júri de Santa Maria condenou, nessa quinta-feira (25/11), Francisco Dias Borges a 38 anos de prisão em regime fechado pelo feminicídio da ex-mulher Necivânia Eugênio de Caldas, 37. A vítima foi atingida com facadas na frente do filho, em 14 de novembro de 2019.

Conforme noticiado pelo Metrópoles à época, o casal tinha terminado o relacionamento havia cerca de uma semana. Francisco esperou a vítima chegar em casa de moto e realizou o ataque fatal. O irmão de Necivânia ainda tentou impedir o crime e também foi ferido. Os vizinhos tentaram linchar o homem logo após o crime.

Além de estudar, a vítima cuidava dos quatro filhos, de outros familiares e mantinha as contas em dia. Ela fazia enfermagem e, segundo amigos, começaria a trabalhar no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) em poucos dias. Vânia, como era conhecida, tinha uma menina de 5 anos – a única com Francisco – e três meninos, de 8, 17 e 19 anos.


0

O ano de 2019 foi marcado pelo projeto Elas por Elas, quando o Metrópoles contou a história de todas as vítimas de feminicídio do Distrito Federal naquele ano. É possível conferir a trajetória completa de Necivância neste link.

O post Acusado de matar ex-mulher a facadas é condenado a 38 anos de prisão apareceu primeiro em Metrópoles.