Ano começa com Covid atrapalhando gigantes do futebol mundial

0
103

O ano de 2021 terminou com a Covid voltando a assustar na Europa, com o surgimento da variante Ômicron. E o futebol também foi afetado pelos novos casos da doença.

Na Espanha, Real Madrid e Barcelona iniciaram o ano com surtos de Covid em seus elencos. Na Inglaterra, Liverpool e Arsenal começaram 2022 sem seus treinadores, que testaram positivo para o novo coronavírus. E no PSG, Lionel Messi está entre os desfalques do time francês após contrair o vírus na Argentina.

Espanhóis desfalcados

Real Madrid e Barcelona começaram o ano sofrendo com surtos da doença. O time merengue tem, entre outros jogadores, o brasileiro Vinicius Junior como desfalque após testar positivo para a Covid. Com um time desfigurado e sem um de seus principais jogadores em campo, o Real acabou derrotado para o Getafe nesse domingo (2/1).

O Barcelona tem oito jogadores contaminados no elenco. O brasileiro Philippe Coutinho está na lista. Para o primeiro jogo de 2022, contra o Mallorca, o técnico Xavi precisou recorrer à jovens da equipe sub-20 para montar o time, e ainda estreou no novo ano com vitória por 1 x 0.

No fim de 2021, a liga espanhola anunciou que passará a testar diariamente os jogadores, mesmo com 95% de atletas já imunizados contra a doença.

Inglaterra castigada

A Inglaterra vem sofrendo com a doença. A Premier League teve jogos adiados no fim de ano em decorrência do aumento de casos da doença e de surtos nos clubes.

E assim como terminou 2021, a liga inglesa começou 2022, com jogadores e técnicos se contaminando. Mikel Arteta e Jurgen Klopp, técnicos de Arsenal e Liverpool, respectivamente, não comandaram seus clubes na estreia no novo ano.

O espanhol testou positivo pela segunda vez e não ficou no banco na derrota para o City e Klopp não comandou os Reds no empate diante do Chelsea fora de casa. Momentos antes do jogo contra os Blues, o Liverpool ainda perdeu os brasileiros Alisson e Roberto Firmino, além do zagueiro Joel Matip.

Um terço dos jogadores das quatro divisões da Inglaterra não se vacinou e não pretende se vacinar contra a doença, segundo dados da English Football League (EFE).

Messi contaminado

O avanço da doença prejudicou também o PSG. O time anunciou neste domingo que quatro atletas se contaminaram com a Covid, entre eles Lionel Messi, que passa férias na Argentina. 

Além do craque argentino, Sergio Rico, Juan Bernat e Bitumazala também testaram positivo.

 

O post Ano começa com Covid atrapalhando gigantes do futebol mundial apareceu primeiro em Metrópoles.