Trump diz ter sido indiciado em caso sobre documentos confidenciais

0
141

O ex-presidente dos Estados Unidos (EUA) Donald Trump anunciou nas redes sociais, nesta quinta-feira (8/6), que foi indiciado na investigação sobre sua gestão de documentos confidenciais encontrados em sua residência após deixar a Casa Branca.

“A administração corrupta de Biden informou a meus advogados que fui indiciado, aparentemente pelo embuste das caixas”, escreveu o ex-presidente norte-americano em sua plataforma Truth Social.

Donald Trump informou que deverá comparecer ao tribunal na tarde da próxima terça-feira (13/6) em Miami, no estado da Flórida.

Segundo a imprensa norte-americana, os promotores federais notificaram os advogados de Trump de que a investigação não se limitava mais a seus funcionários mais próximos e se dirigia diretamente ao ex-presidente.

A nova investigação contra Trump poderá dificultar a tentativa do republicano de voltar a comandar a Casa Branca. O bilionário já anunciou sua terceira candidatura à Presidência dos Estados Unidos.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1


0

Relembre o caso

O FBI encontrou e apreendeu dezenas de documentos confidenciais da residência de Donald Trump em Mar-a-Lago, na Flórida, em agosto de 2022. A defesa do ex-presidente por outro lado afirmou que todos os registros marcados como sigilosos teriam sido devolvidos ao governo dos Estados Unidos.

Entre os itens apreendidos pelos agentes federais na residência de Trump estão 20 caixas, pastas com fotos e uma carta escrita por Roger Stone, aliado antigo do político norte-americano.

Trump chegou a declarar que retirou o sigilo de todos os documentos encontrados em sua casa. No entanto, o ex-presidente não apresentou provas que comprovem a retirada.

The post Trump diz ter sido indiciado em caso sobre documentos confidenciais first appeared on Metrópoles.

Artigo anteriorMaior rubi do mundo é leiloado por R$ 170 milhões nos EUA; veja fotos
Próximo artigoDF lidera percentual de estudantes que concluíram o ensino médio