Dentista Tarado é preso por estuprar influencer em seu consultório no shopping

0
928

com mais de 13 mil seguidores no Instagram, Gustavo Najjar foi alvo de mandado de prisão temporária, suspeito de estuprar uma influenciadora

dentista especialista em harmonização facial, preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) acusado de estuprar uma influenciadora digital de 33 anos, foi preso quando chegava em seu consultório, em um shopping de Brasília, na tarde desta terça-feira (12/9). A coluna apurou que o preso é Gustavo Najjar, 37.

Com mais de 13 mil seguidores no Instagram, onde compartilha resultados das harmonizações feitas em seus pacientes, Najjar foi alvo de mandado de prisão temporária, com prazo de 30 dias. Em suas redes, o dentista afirma que possui “mais de 11 mil atendimentos e zero intercorrência, além de mais 1000 alunos no Brasil e exterior”.

Levado para a delegacia, o dentista foi ouvido em depoimento. De acordo com as investigações, a vítima havia conhecido o autor por meio de suas redes sociais. A influencer teria ido ao consultório após ter sido convencida pelo profissional a realizar uma avaliação para ser submetida a um procedimento de harmonização facial.

Ao chegar no consultório do dentista, já o final do expediente, o homem pediu para a vítima lhe mostrasse os procedimentos que ela tinha feito em seu corpo, já que ela havia realizado diversas cirurgias estéticas após um grande processo de emagrecimento. Acreditando na boa fé do dentista, a vítima deixou que ele analisasse o seu corpo. Porém, quando estava olhando os seus glúteos, o autor disse que precisava testar a sua sensibilidade e lhe desferiu um tapa em suas nádegas.

Gritos de pânico

Constrangida, a vítima disse que precisava ir embora mas o dentista a agarrou e passou a estuprar a vítima. A mulher tentou se desvencilhar, dizendo que queria ir embora e passou a gritar que queria sair. O dentista puxou a vítima novamente, tendo rasgado sua calça e afirmado que ninguém a escutaria, pois não havia mais ninguém no local.

Em pânico, a influenciadora não conseguiu mais resistir e o autor consumou a prática sexual. Após terminar o ato, o autor voltou a conversar com a vítima sobre os procedimentos estéticos que faria, como se nada tivesse acontecido

Ainda em choque, a mulher foi embora e se encontrou com seu ex-marido e com sua filha, os quais a aguardavam passeando no shopping onde o autor atende. No caminho para casa, a vítima contou para seu ex-marido o que tinha acontecido. Em seguida, o casal foi até uma delegacia e registrou a ocorrência policial.

Vestígios de violência

As roupas da vítima foram apreendidas e ela foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para ser submetida ao exame de corpo delito. No exame foi constatada a presença de vestígios de violência para o cometimento de conjunção carnal.

Diante das provas colhidas, fora representado ao Poder Judiciário pela decretação da prisão temporária do autor. Após sua prisão, o autor foi conduzido para a 5ª DP para prestar seu interrogatório e, após as formalidades legais foi recolhido à carceragem.

A prisão do autor foi decretada pelo prazo de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período e ainda ser convertida em preventiva, em caso de necessidade.

Artigo anteriorParque da Cidade recebe 28ª edição do Brasília Capital Fitness
Próximo artigoPRF – Filho de Genivaldo Santos receberá R$ 1 milhão de indenização por morte do pai