Eleições Argentina com mais 85% dos votos apurados, Argentina caminha para 2º turno Massa tem 36,19% e Milei, 30,27%

0
247

O governo argentino decidiu antecipar os resultados das eleições presidenciais deste domingo em razão da rápida apuração dos votos

O governo argentino decidiu antecipar os resultados das eleições presidenciais deste domingo (22/10) para antes das 22h, em razão da celeridade da apuração. Por volta das 21h30, mais de 80% dos votos haviam sido contabilizados em todo o país.

De acordo com o Clarín, inicialmente, estava prevista a divulgação dos dados entre as 22h e às 22h30, mas dado o rápido progresso da apuração, a decisão seria agora adiantar o calendário, para antes das 22h. O jornal aponta que haverá segundo turno entre os candidatos Javier Milei (Libertad Avanza) e Sergio Massa (Unión por la Patria).

Os números parciais da apuração mostra Massa com 36% de preferência da população, seguido por Milei, que tem 30%. A candidata centro-direitista Patricia Bullrich (Juntos por el Cambio) aparece um pouco atrás, com 23% e Juan Schiaretti (Hacemos por Nuestro País), com 7%.

Fontes oficiais apontam que o maior percentual de votos foi contablizado nas províncias de Córdoba, Mendoza, Santa Fé e La Pampa, entre outras; enquanto aqueles com menor carga de dados são a província de Buenos Aires e a cidade de Buenos Aires, onde também são votadas posições locais.

Eleições

A eleição presidencial na Argentina, realizada neste domingo (22/10), registrou a maior abstenção em eleições presidenciais desde 1983, quando houve a redemocratização no país. Segundo informações da Direção Nacional Eleitoral, 74% do eleitorado apto a votar compareceu às urnas. Em 2019, 80% dos eleitores foram às urnas para escolher o presidente.

A votação foi encerrada às 18h. Quando faltava uma hora para o fim do pleito, cerca de 66% dos eleitores aptos a votar haviam comparecido às urnas. Apesar do baixo comparecimento, o número foi superior ao registrado nas primárias

Neste domingo, os eleitores votaram para escolher presidente, deputados e senadores. O secretário-geral da Presidência, Julio Vitobello, informou que as eleições ocorreram em clima de tranquilidade e normalidade.

Para a Presidência, dois candidatos apareciam virtualmente empatados nas pesquisas: o ultraliberal de direita Javier Milei (Libertad Avanza) e o peronista Sergio Massa (Unión por la Patria), cada um cerca de 30% das intenções de voto. A candidata centro-direitista Patricia Bullrich (Juntos por el Cambio) aparece um pouco atrás. Juan Schiaretti (Hacemos por Nuestro País) e Myriam Bregman (Frente de Izquierda) também concorrem.

Artigo anteriorGDF investe R$ 148 milhões na construção de 30 unidades de educação básica
Próximo artigoBrigadistas florestais recebem curso de Educação Ambiental para orientar crianças sobre a prevenção de incêndios