Cabeça a Prêmio – Líderes Do Tráfico São Identificados Em Ataque Que Vitimou Sargento Do BOPE Na Maré: ‘Titio Do Adeus’ E ‘Pitbull’

0
388

A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou nesta quinta-feira (13) que identificou os líderes do tráfico de drogas responsáveis por ordenar o ataque que resultou na morte do sargento do BOPE Jorge Henrique Galdino Cruz, durante uma operação no Complexo da Maré na última terça-feira (11). Um outro policial militar ficou gravemente ferido na mesma ocorrência.

Segundo a polícia, os líderes identificados como Ronald de Souza Gomes, conhecido como Titi ou Titio do Adeus, e Luciano Cândido Crispim, conhecido como Pitbull, estavam presentes no local e participaram diretamente do ataque.

Ambos atuavam como seguranças dos chefes da facção Thiago da Silva Folly, o TH, e Michel de Souza Malveira, conhecido como Búfalo Bill. Um terceiro segurança, conhecido como Digdum e guarda-costas de TH, foi encontrado morto após o confronto.

A investigação prossegue agora para identificar os executores do crime, que resultou na morte de cinco pessoas durante a operação da Polícia Militar no Complexo da Maré, iniciada na terça-feira e encerrada na manhã seguinte.

O número de mortos na ação aumentou para cinco, conforme balanço atualizado pela Polícia Militar nesta quarta-feira, após inicialmente reportar três mortes: o sargento do BOPE Jorge Henrique Galdino Cruz e dois suspeitos.

A Polícia Civil já identificou os chefes do tráfico que ordenaram o ataque aos policiais. Além do terceiro-sargento, que faleceu, seu colega Rafael Wolfgramm Dias também foi ferido e permanece internado em estado grave no Hospital Federal de Bonsucesso. As diligências continuam para identificar os responsáveis pelo homicídio, investigado pela Delegacia de Homicídios da capital

Policiais civis da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais e da Delegacia de Homicídios da Capital estão empenhados em realizar uma perícia detalhada no local onde o sargento do BOPE Jorge Galdino Cruz foi alvejado e morto, na tarde desta quinta-feira (13).

As autoridades buscam acesso ao galpão onde dois policiais foram baleados durante a operação da última terça-feira (11). O segundo policial ferido no ataque ainda está internado em estado gravíssimo.

Dois dos criminosos mortos durante a operação foram identificados como Francisco Jorge da Conceição de Freitas, de 29 anos, e Cristiano Matheus de Oliveira, de 21 anos. Outros dois corpos ainda aguardam identificação.

A polícia continua mobilizada para esclarecer todos os detalhes do incidente e garantir justiça às vítimas e suas famílias.

Artigo anteriorSenado aprova bolsas de R$ 700 para estudantes universitários de baixa renda
Próximo artigoParque da Cidade recebe campanha de doação de sangue nesta sexta-feira (14)