Curso Cine Diversidade abre inscrições para professores (as) da Secretaria de Educação do DF com foco em inclusão e combate ao preconceito nas escolas

0
79

 formação é gratuita e as inscrições vão até o dia 14 de julho

O curso Cine Diversidade é uma maneira de enfrentar as violências nas escolas do Distrito Federal. Muitas vezes elas vêm de preconceitos e discriminações contra mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+, indígenas, pessoas com deficiência e baixa renda.

A formação usa o cinema para fazer professores (as) refletirem e se conscientizarem sobre esses problemas. A ideia é que eles possam identificar e combater esses preconceitos dentro de sala de aula, muitas vezes invisíveis, valorizando a diversidade em suas práticas pedagógicas.

São 30 vagas para professores (as) da Secretaria de Educação do DF que poderão se inscrever no site https://eadeape.se.df.gov.br/enrol/index.php?id=3686. Além dessas, há 20 vagas disponíveis para a Secretaria da Mulher do DF que definirá a forma de seleção.

“É importante salientar que todas as pessoas que participam da organização do projeto fazem parte das minorias sociais abordadas no curso. Ou seja, há pessoas negras, LGBTQIA+, de religião de matriz africana, portadores de deficiência e de origem periférica”, afirma Lucrécia Silva, idealizadora do curso Cine Diversidade.

Os participantes terão acesso a conhecimentos e reflexões sobre diversidade com aulas que usarão o cinema como base. O método das aulas do curso será esse:

  • Exibição de filme seguida de debate com alunos e apresentação de slides;

  • Leitura e discussão de textos;

  • Mesas-redondas com palestrantes convidados(as);

  • Oficinas de expressão cênica LGBTQIA+;

  • Oficina de capoeira.

As aulas começarão dia 01 de agosto e ocorrerão às quinta-feiras das 19h até às 22h na sede da EAPE que fica no endereço SGAS 907, Conjunto A na Asa Sul em Brasília.

Para receber o certificado do curso Cine Diversidade é preciso cumprir dois requisitos:

  • ter pelo menos 75% de presença que será registrada a cada encontro e;

  • entregar e executar projeto interventivo que será orientado e avaliado individualmente pelos professores do curso.

O curso Cine Diversidade é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal. O projeto tem apoio da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal e da Secretaria de Estado da Mulher do Distrito Federal.

Cronograma do curso

01/08 – Encontro 01 – Apresentação do curso, dos(as) formadores(as) e dos(as cursistas)

08/08 – Encontro 02 – Gênero: conceito histórico, político e social

15/08 – Encontro 03 – Violência de gênero e saúde mental de mulheres e população LGBTQIAP+

22/08 – Encontro 04 – Diversidade sexual: os diversos significados de ser LGBTQIAP+

29/08 – Encontro 05 – Violência LGBTfóbica nas escolas

05/09 – Encontro 06 – Reflexões sobre diversidade de gênero e sexualidade a partir de performatividades cênicas LGBTQIAPN+

12/09 – Encontro 07 – Sexualidade e deficiência

19/09 – Encontro 08 – Mulheres negras: interseccionalidade gênero/raça/classe

26/09 – Encontro 09 – Racismo nas escolas do DF

03/10 – Encontro 10 – Povos indígenas: saberes e fazeres

10/10 – Encontro 11 – Mesa-redonda: religiões de matriz africana

17/10 – Encontro 12 – Oficina: roda de capoeira

24/10 – Encontro 13 – Síncrono: orientação individualizada dos projetos interventivos

31/10 – Encontro 14 – Semana de execução dos projetos pedagógicos

07/11 – Encontro 15 – Semana de execução dos projetos pedagógicos

14/11 – Encontro 16 – Síncrono – Apresentação dos Projetos Pedag

21/11 – Encontro 17 – Avaliação do curso e coquetel de encerramento com performances artísticas e apresentação musical.

Serviço:

Site para fazer inscrições: https://eadeape.se.df.gov.br/enrol/index.php?id=3686

Data para fazer as inscrições: até dia 14 de julho

Local do curso: SGAS 907, Conjunto a sede da EAPE

Horário das aulas: Quintas-Feira das 19h até às 22h

Carga horária total do curso: 120 horas/aula

Contato para saber informações sobre o curso:

Email: [email protected]

Instagram: @cine.diversidade

Artigo anteriorMostro-PCDF prende padrasto que abusou sexualmente da enteada por 7 anos
Próximo artigoBrasileiro superdotado de 2 anos já sabe ler e falar inglês