Cada vez mais frequentes, arrastões em bares levam medo à noite de Brasília

    0
    299

    O empresário Luís Sampaio de Sousa se preparava para fechar o bar na 704 Norte, na noite da última segunda-feira, quando foi surpreendido por três adolescentes. O grupo anunciou o assalto, levou o dinheiro do caixa e objetos de valor dos clientes. Em seguida, partiu em um Fiat Uno, conduzido por um jovem de 23 anos, em direção ao comércio da Entrequadra 706/707 Norte para praticar outro roubo. O arrastão aterrorizou vítimas e comerciantes.
    A quantidade de ocorrências desse tipo de crime preocupa quem precisa manter o estabelecimento aberto até mais tarde. O número de casos subiu 59% nos primeiros cinco meses de 2012, se comparado ao mesmo período do ano passado. Os dados da Secretaria de Segurança Pública indicam que houve 1.256 roubos a comércio nos primeiros cinco meses deste ano, contra 790 em 2011. Isso significa dizer que, a cada dia, oito estabelecimentos foram invadidos por criminosos. As ocorrências subiram de janeiro a abril de 2012, mas apresentaram queda a partir de maio com a implantação do plano Ação pela Vida, do GDF. O total de casos caiu 34% de 21 de abril a 19 de junho em relação aos 60 dias anteriores.

    Artigo anteriorLoba-guará é capturada em estacionamento da Quadra 1.105 no Cruzeiro Novo
    Próximo artigoPolícia divulga retrato falado de suspeito de roubar vibrador de ouro