Frieza marca depoimento de condenado por morte de Louise Ribeiro

    0
    260
     Assassino confesso de Louise Maria da Silva Ribeiro, 20 anos, Vinícius Neres Ribeiro foi condenado ontem a 23 anos e 10 dias pela morte da estudante de biologia da Universidade de Brasília (UnB) em 10 de março de 2016. O julgamento durou quase 11 horas e ficou marcado pela frieza do réu, mesmo comportamento durante a época da prisão. A sentença levou em conta o homicídio quadruplamente qualificado (feminicídio, motivo torpe, asfixia e recurso que dificultou a defesa da vítima) e a destruição parcial do cadáver.A sessão atraiu estudantes de direito, amigos da vítima e familiares do réu e de Louise, que esperaram em uma longa fila em frente ao Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT).
    Artigo anteriorSUS troca remédio contra esclerose e pacientes ameaçam entrar na Justiça
    Próximo artigoAssociação de Defensores Públicos quer explicação sobre gestão de recursos