Adasa gasta mais com publicidade que com gerenciamento da água, diz MP

    0
    232
    A Agência Reguladora das Águas do Distrito Federal (Adasa) gastou em publicidade mais do que com serviços de manutenção nos últimos nove anos. Ao todo, foram destinados R$ 15,2 milhões para campanhas de divulgação. Enquanto isso, atividades como “gerenciamento dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento”, “fortalecimento e reestruturação do sistema de monitoramento dos recursos hídricos”, “implantação de projeto de meio ambiente” e “implantação de unidade de gerenciamento” consumiram, juntas, cerca de R$ 18,5 milhões. Os dados, disponíveis no sistema Monitor Fiscal, alimentado com dados fornecidos pela Secretaria de Fazenda, foram usados em uma representação que o Ministério Público de Contas do Distrito Federal apresentou ao Tribunal de Contas do DF (TCDF) nesta semana para que a Corte faça uma auditoria e apure quais  órgãos gestores são responsáveis pela crise hídrica que o Distrito Federal atravessa desde o final de 2016.
    Artigo anteriorTer um filho e entregá-lo à adoção não é crime e pode ser uma lição de amor
    Próximo artigoApós ser alvo de pichações, fachada do Museu Nacional é revitalizada