Novo serviço vai ajudar pessoas com doenças raras a tirarem dúvidas

    0
    236
      Elas têm nomes estranhos, causas desconhecidas e são de difícil diagnóstico. A investigação de doenças raras pode levar meses ou anos. Uma angústia para famílias, pacientes e médicos. Exatamente o drama do comerciante Raimundo Everardo Gomes, 46 anos.
    Artigo anteriorAcidente perto da Ponte JK deixa quatro pessoas feridas
    Próximo artigoBombeiros fazem buscas em região do Lago onde foi encontrado corpo de bebê