Professor de balé denuncia ataque homofóbico em ônibus

    0
    282
     Um professor de balé do Teatro Nacional foi agredido com dois tapas, em um ônibus, e gritou ofensas homofóbicas contra ele. Segundo Yuri Briedis, 28 anos, o ataque aconteceu na hora em que ele descia do veículo. O agressor o teria xingado, entre outras coisas, de “doente”. O ataque aconteceu por volta de 13h de segunda-feira (24/3) e, nesta terça (25), convencido por amigos, o professor e bailarino decidiu registrar ocorrência na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin), no Departamento de Polícia Especializada (DPE) da Polícia Civil.
    Artigo anteriorExposição “The Art of the Brick” tem ingressos pela metade do preço
    Próximo artigoTV Globo cancela programa de Fernanda Lima