Facebook pagou terceirizados para ouvir e transcrever áudios de usuários do Messenger

0
44

SÃO FRANCISCO – O Facebook pagou centenas de trabalhadores terceirizados para transcrever áudios de usuários de seus serviços, como o Messenger, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A natureza do trabalho abalou os funcionários terceirizados, pois não lhes foi revelada a origem dos áudios, nem como eles foram obtidos. Eles apenas receberam ordens de transcrevê-los, segundo as fontes, que pediram anonimato por temerem perder seus empregos.

O Facebook confirmou que vinha transcrevendo os áudios dos usuários e disse que não vai mais fazê-lo. “Pausamos a revisão de áudios por trabalhadores há mais de uma semana”, afirmou a empresa na terça-feira.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui