Betelgeuse: redução de brilho da estrela ganha explicação

0
12

Pesquisadores registraram, entre outubro de 2019 e abril de 2020, uma queda de 40% do brilho da supergigante vermelha Betelgeuse, localizada há 642 anos-luz da Terra, na galáxia de Órion. Um grupo de astrônomos conduzidos pelo Instituto Max Plack de Astronomia, na Alemanha, acreditam que a razão do fenômeno foi o aparecimento de manchas estelares na superfície do astro.

A teoria foi explicada em um artigo, divulgado nesta segunda-feira (29) pela revista The Astrophysical Journal Letters. Os cientistas acreditam que manchas gigantes, que podem ter coberto de 50% a 70% da superfície do astro, causaram uma variação em sua temperatura e, por consequência, uma redução de seu brilho. 

Leia mais…