Gilmar Mendes: “Situação em Manaus escancara falhas no combate à Covid-19”

0
52

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes é mais um que recorreu às redes sociais para protestar contra a situação caótica na saúde do Amazonas, mas especificamente na capital Manaus. Com o significativo aumento no número de casos e mortes, um dos resultados é a falta de oxigênio nas unidades hospitalares.

No Twitter, o magistrado ressaltou: “A situação em Manaus é estarrecedora e, de forma cruel, escancara as falhas no combate à Covid-19”.

Confira:

Pacientes transferidos

Com a situação caótica, Manaus vai transferir 750 pacientes para outras unidades da Federação. Entre elas, o Distrito Federal, conforme antecipou o Metrópoles. O Hospital Universitário de Brasília (HUB) vai receber ao menos 20 pessoas na enfermaria da rede pública nos próximos dias.

A data da transferência ainda não foi cravada, mas o acordo está definido e a chegada dos doentes deve ocorrer até a semana que vem. A ideia é ajudar a amenizar a situação de colapso que assola a capital do Amazonas com o recrudescimento dos casos e a alta de mortes por coronavírus.

A transferência para o DF foi definida com o compromisso de que os pacientes possam receber, em caso de agravamento de suas condições, suporte respiratório, já que a capital amazonense está enfrentando uma severa crise de materiais, como cilindros de oxigênio.

O post Gilmar Mendes: “Situação em Manaus escancara falhas no combate à Covid-19” apareceu primeiro em Metrópoles.