Em nota, Globo lembra carreira de Orlando Drummond: “Inesquecível”

0
70

A TV Globo divulgou comunicado sobre a morte do ator Orlando Drummond, nesta terça-feira (27/7), em decorrência de falência múltipla de órgãos. Aos 101 anos, o humorista ficou conhecido por interpretar o Seu Peru, na Escolinha do Professor Raimundo, a partir de 1957.

Na Globo, além da interpretação do inesquecível  Seu Peru, Orlando participou do Chico Anysio Show (1988), do humorístico Zorra Total (1999), da telenovela Caça Talentos. No cinema, atuou nos filmes Rei do Movimento (1954), Angu de Caroço (1955), O Doce Esporte do Sexo (1971), Bonga, O Vagabundo (1971) e Amazônia Misteriosa (2005).


0

Legado

 

Orlando teve uma vida ativa até depois de seu centenário. No Carnaval de 2019, foi homenageado por um bloco de rua do Rio de Janeiro, que teve como tema Dublando Drummond 100 Anos. A presença ilustre do humorista no evento levou o público à loucura e foi celebrada na internet. Ao chegar ao local, Orlando mandou um recado nas redes sociais fazendo menção ao icônico Seu Peru: “Estou chegando aí pessoal, qualquer dúvida…Use-me e abuse-me!”, disse à época.

Drummond imortalizou a voz de diversos personagens desde que iniciou no mundo da dublagem, na década de 60. Durante a carreira, atuou como dublador em mais de 70 produções. Consagrou-se graças a interpretações em desenhos animados e séries com os personagens Popeye, Scooby-Doo, Vingador (Caverna do Dragão), Alf – O ETeimoso, o Gato Guerreiro (He-Man), Sargento Garcia (Zorro), entre outros muitos trabalhos. A interpretação do cão Scooby-Doo lhe rendeu a entrada no Guiness Book, o livro dos recordes, com a dublagem de desenho animado a ficar no ar por mais tempo, cerca de 40 anos.

Drummond nasceu no bairro de Todos os Santos, zona norte do Rio de Janeiro, em 18 de outubro de 1919. Criado numa família de nove irmãos, iniciou sua carreira em 1942 como contrarregra na rádio Tupi, onde conheceu amigos como Bibi Ferreira, Carlos Machado, Olavo de Barros e Paulo Gracindo, que, como diretor de teatro, ajudou a torná-lo um radiador. A partir daí, não parou mais.

Em 2019, Drummond recebeu uma homenagem do elenco da atual versão de Escolinha do Professor Raimundo, confira:

O post Em nota, Globo lembra carreira de Orlando Drummond: “Inesquecível” apareceu primeiro em Metrópoles.