Promessas do Surf: esses são brasileiros que brilham no ranking mundial júnior

0
90

Três brasileiros aparecem no top 10 masculino, com Leo Casal e Heitor Mueller empatados em terceiro. Laura Raupp no quinto lugar feminino.

Austrália domina o surf feminino com Sierra Kerr campeã e Sol Aguirre em terceiro.

O futuro do surf brasileiro é brilhante com jovens talentos brasileiros prontos para brilhar no circuito mundial profissional. 

São Paulo, junho de 2024. O futuro do surf profissional parece estar garantido! A temporada do World Junior Championship chegou ao fim e a lista final de classificação traz boas notícias para o Brasil. Entre os meninos, três surfistas brasileiros figuram entre os dez primeiros do mundo.

Na liderança isolada está Jett Schilling, dos Estados Unidos, seguido por Jackson Bunch, do Havaí. Mas a partir da terceira colocação, o Brasil divide o pódio com o mundo. Leo Casal e Heitor Mueller conquistaram a inédita marca de terminarem a temporada empatados em terceiro lugar, ambos com 6.085 pontos. Ryan Kainalo, outro talento promissor do país, também aparece empatado em quinto lugar com 4.745 pontos, dividindo a posição com os australianos Jarvis Earle e Joel Vaughan.

Esse resultado é um indicativo do excelente trabalho de base que vem sendo realizado no Brasil. O país vem se consolidando como uma das principais potências na formação de novos surfistas, competindo de igual para igual com as tradicionais Austrália e Estados Unidos.

Olhando para o ranking feminino, o domínio é australiano. Sierra Kerr garantiu o título mundial com uma larga vantagem sobre a norte-americana Zoe Benedetto, vice-campeã. A disputa pelo bronze, no entanto, foi acirrada. A peruana Sol Aguirre dividiu a terceira colocação com a norte-americana Talia Swindal, ambas com 6.085 pontos.

A brasileira Laura Raupp também merece destaque. A surfista carioca terminou a temporada na quinta colocação, empatada com a norte-americana Bella Kenworthy, a canadense Erin Brooks e a surfista do País Basco Annette Gonzalez Etxabarri, todas com 4.745 pontos. Outro nome brasileiro que merece menção é Isabelle Nalu, que finalizou na 17ª colocação. Sophia Medina, irmã mais nova da tricampeã mundial Gabriel Medina, também aparece dividindo a 17ª posição. 

De acordo com a análise da Gambling.com, uma premiada empresa de marketing de desempenho e líder no fornecimento de serviços ativos de marketing digital para a indústria de jogos de azar online, Brasil tem quatro surfistas entre os dez primeiros no masculino e duas no feminino, e comprova sua força no cenário do surf júnior mundial. É animador ver esses jovens talentos despontando e em breve dando show nas etapas do circuito mundial profissional. Resta ficarmos de olho e acompanhar a evolução dessas promessas brasileiras rumo ao topo do surf mundial!

International – Men’s Junior Tour Final Rankings

Nome – País – Pontos 

1 Jett Schilling – Estados Unidos 10,000

2 Jackson Bunch – Hawaii 7,800

3 Leo Casal – Brasil – 6,085

3 Levi Slawson – Estados Unidos – 6,085

5 Jarvis Earle – Austrália – 4,745

5 Joel Vaughan – Austrália – 4,745

5 Heitor Mueller – Brasil – 4,745

5 Ryan Kainalo – Brasil – 4,745

9 Taj Lindblad – Estados Unidos – 3,320

9 Luke Thompson – África do Sul – 3,320

9 Harlon Harrison – Austrália – 3,320

9 Tenshi Iwami – Japão – 3,320

9 Shion Crawford – Hawaii – 3,320

9 Harley Walters – Austrália – 3,320

9 Sam Piter – França – 3,320

9 Monnojo Yahagi – Japão – 3,320

17 Reed Platenius – Canadá – 1,900

17 Ilay Bochan – Mondo – 1,900

17 Luke Brumby – Austrália – 1,900

17 Luc Lepront – África do Sul – 1,900

17 Yuma Nagasawa – Japão – 1,900

17 Mitch Du Preez – África do Sul  – 1,900

17 Adur Amatriain – País Basco – 1,900

17 Brodi Sale – Hawaii – 1,900

International – Women’s Junior Tour Final Rankings

Nombre – País – Puntos  

1 Sierra Kerr – Austrália – 10,000

2 Zoe Benedetto – Estados Unidos – 7,800

3 Talia Swindal – Estados Unidos – 6,085

3 Sol Aguirre – Peru – 6,085

5 Bella Kenworthy – Estados Unidos – 4,745

5 Laura Raupp – Brasil- 4,745

5 Erin Brooks – Canadá – 4,745

5 Annette Gonzalez Etxabarri – País Basco- 4,745

9 Eweleiula Wong – Hawaii – 3,320

9 Louise Lepront – África do Sul – 3,320

9 Keira Buckpitt – Austrália – 3,320

9 Nora Liotta – Hawaii – 3,320

9 Nanaho Tsuzuki – Japão – 3,320

9 Ellie Harrison – Austrália – 3,320

9 Noah Klapp – Alemanha – 3,320

9 Zahli Kelly – Austrália – 3,320

17 Sky Brown – Reino Unido – 1,900

17 Anastasia Venter – África do Sul – 1,900

17 Isabelle Nalu – Brasil – 1,900

17 Sophia Medina – Brasil – 1,900

17 Kalea Gervasi – Peru – 1,900

17 Kana Nakashio – Japão – 1,900

17 Janire Gonzalez Etxabarri – País Basco- 1,900

17 Cocona Kawase – Japão – 1,900

Sobre Gambling.com Group Limited

A Gambling.com Group Limited (Nasdaq: GAMB) (o “Grupo”) é uma empresa de marketing de desempenho premiada e líder na prestação de serviços de marketing digital ativos na indústria de jogos de azar online. Fundada em 2006, o Grupo possui escritórios em todo o mundo, operando principalmente nos Estados Unidos e na Irlanda. Através da sua plataforma de tecnologia proprietária, o Grupo publica um portfólio de websites de primeira linha, incluindo Gambling.com, Bookies.com, RotoWire.com e Casinos.com. O Grupo detém e opera mais de 50 websites em sete idiomas, abrangendo 15 mercados nacionais, cobrindo todos os aspectos da indústria de jogos de azar online, incluindo iGaming e apostas esportivas, bem como a indústria de esportes de fantasia.

 

Artigo anteriorTrês torcedores do Valencia que cometeram racismo contra Vini Jr. são condenados a oito meses de prisão
Próximo artigoComer macarrão com arroz e feijão o Pizza de Sushi, os piores crimes gastronômicos dos brasileros