O PT-DF faz sua plenária de avaliação do terceiro ano de governo

    0
    246

    GDF investirá R$ 4,9 bilhões em Projetos Estruturantes em 2014

    DSC_1002

    O Governo do Distrito Federal (GDF) pretende investir em 2014 aproximadamente R$ 4,9 bilhões nos Projetos Estruturantes do Distrito Federal. Dentre as principais obras previstas destacam-se a implantação dos corredores de transporte coletivo dos eixos Sudoeste e Norte, do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) eaquisição de trens; a implantação de Veículo Leve sobre Pneus Eixo Sul (VLP) e a execução de obras de urbanização.Os Projetos Estruturantes preveem melhorias na infraestrutura do Distrito Federal e integram uma lista que recebe atenção especial da Junta de Execução Orçamentária (JEO). São investimentos considerados prioritários pelo governo e que possuem maior flexibilidade orçamentária, o que gera mais agilidade na aplicação dos recursos.Para a implantação dos corredores de transporte coletivo do eixo Sudoeste estão previstos, para 2014, R$ 212 milhões, e para o eixo Norte cerca R$ 190,9 milhões. Em obras de urbanização, o volume reservado de recursos é de R$ 202,3 milhões.

    Outras ações previstas no conjunto de projetos estruturantes para 2014 são: a construção e reformas de quadra de esportes, construção, ampliação e reforma de unidades básicas de saúde, implantação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), implantação de ciclovias, reforma de unidades de ensino, a revitalização do Anexo do Buriti, entre outras.

    O subsecretário de Orçamento Público, da Secretaria de Planejamento, Caio Abbott, destaca o recorde dos investimentos estimados para o próximo ano. “Para 2014, o governo pretende ampliar o volume de recursos envolvendo a execução de novos projetos. Pela primeira vez, o orçamento destinado a investimentos supera a previsão de despesas de custeio”, esclareceu Abbott.

    Em 2013 foram reservados cerca de R$ 3,26 bilhões para os Projetos Estruturantes. Eles sãogerenciados pela Junta de Execução Orçamentária (JEO), que é presidida pelo governador do DF, e composta pela Casa Civil e pelas Secretarias de Fazenda e de Planejamento.

    fotos:Alexandre Ferraz

     

    Artigo anteriorCorpo de contador Que morava no Cruzeiro desaparecido há mais de um mês é encontrado em ribeirão
    Próximo artigoComércio do DF fechará mais cedo na véspera do feriado